× AUDIBMWCITROENCHEVROLETFORDFIATHONDAHYUNDAIMERCEDES BENZMITSUBISHINISSANPEUGEOTRENAULTTOYOTAVOLVOVOLKSWAGEN

Renault Captur ganha nova geração para a Europa com versão híbrida

Quinta Marcha
Admin
Mensagens : 250
Data de inscrição : 08/03/2019
Ver perfil do usuáriohttp://www.quintamarchas.com
03072019
Renault Captur ganha nova geração para a Europa com versão híbrida

Renault Captur ganha nova geração para a Europa com versão híbrida Nuova-10

Crossover adota nova plataforma CMF-B do Clio e motores turbo 1.0 e 1.3 de até 156 cv

Agora que o novo Clio já fez sua estreia na Europa, a Renault apresenta a segunda geração do Captur, levemente maior e com design inspirado no hatch. Ao contrário do modelo nacional, que usa a plataforma do Duster, a versão europeia é montada com a base CMF-B, com 85% de peças novas comparado com seu predecessor, além de estar mais leve, com melhor aerodinâmica e mais eficiente.

Renault Captur ganha nova geração para a Europa com versão híbrida Nuova-13 Renault Captur ganha nova geração para a Europa com versão híbrida Nuova-14

O novo Captur é 11 centímetros mais longo do que a geração passada, enquanto o entre-eixos cresceu 2 cm. Isso faz com que tenha 4,23 metros de comprimento e 2,63 m de entre-eixos. Dependendo da versão, pode usar rodas de até 18" e faróis full-LED. No lançamento, terá 11 opções de cor para carroceria, quatro cores para o teto e três escolhas de acabamento interno, resultando em 90 combinações possíveis - algo que a Renault diz ser único no segmento.

Renault Captur ganha nova geração para a Europa com versão híbrida Nuova-15 Renault Captur ganha nova geração para a Europa com versão híbrida Nuova-16

O crossover manteve seu LED de iluminação diurna em forma de "C", combinando bem com seu para-choque dianteiro. As lanternas têm formado similar e dão um visual distinto ao Captur com frisos cromados nas laterais traseiras. Pagando um pouco mais, a Renault equipa o carro com rack no teto ou com teto-solar.

Se você já viu o novo Clio, então já sabe como é o Captur por dentro. O painel é dominado por uma tela vertical bem grande e, logo abaixo dela, estão os controles do ar-condicionado. Uma das diferenças entre o crossover e o hatch é o chamado "console voador", na área onde fica a alavanca do câmbio, mais elevada para melhorar a ergonomia e liberar espaço para os porta-objetos. Os clientes poderão adquirir um carregador wireless para smartphones para este espaço.

O porta-malas do novo Captur tem capacidade para 536 litros, que a fabricante diz ser o maior da categoria. É um belo aumento, até mesmo em comparação ao modelo nacional, que é mais comprido e tem 437 litros. Ainda há mais 27 litros de espaço dividido entre os porta-objetos no interior. O sistema de som Bose, vendido como opcional, ainda coloca um subwoofer extra no porta-malas, mas integrado na lateral, sem ocupar espaço.


Em termos de motorização, o Captur 2020 será vendido com os motores turbo 1.0 e 1.3 a gasolina, com potência entre 100 cv e 156 cv. Quem gosta de carro diesel poderá escolher o 1.5 dCi nas versões de 96 cv e 115 cv. Dependendo do motor, pode usar um câmbio manual de 5 ou 6 marchas, além do automatizado de dupla embreagem e 7 posições.

Irá além dos motores a combustão. Em 2020, ganhará uma versão híbrida plug-in com autonomia de 45 km no modo puramente elétrico. O sistema, chamado pela fabricante de E-Tech, utiliza mais de 150 patentes novas da empresa.

Fonte:Renault
Compartilhar este artigo em:diggdeliciousredditstumbleuponslashdotyahoogooglelive

Comentários

Nenhum comentário.

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum